24 FEV 2020



Esso é uma das atrações confirmadas do Festival Pôr do Som, que acontecerá em Pium, com show programado para a segunda de carnaval – 24/02, às 18h. O festival integra a programação oficial do Carnaval 2020 da prefeitura de Parnamirim. 

Para a ocasião o cantor/compositor irá apresentar versões para as canções do seu mais recente CD, Várzea da Caatinga (forrós magnéticos). Acompanhado de Priscila Matos (teclados), Júlio Lima (baixo), Sílvio Franco (bateria/percussões) e Ilton Oliveira (trianglo/efeitos/vocais), Esso aproveita a ocasião para dar aos presentes uma mostra do show ‘Agreste’, com o qual vem apresentando o disco mais novo. 

Contendo 13 faixas, ‘Várzea da Caatinga – forrós magnéticos’ remete às raízes sertanejas do autor e revela as influências da cultura nordestina em sua criação, dialogando com a obra de artistas regionais, como Luiz Gonzaga e Jackson do Pandeiro, além do seu próprio pai sanfoneiro, Zé de Cezário, a quem o CD é dedicado. Lulinha Alencar foi corresponsável pela maioria dos arranjos ao lado do irmão e imprimiu sua versatilidade e riqueza harmônica ao conjunto. 

Natural da caatinga do sertão potiguar, Esso iniciou sua carreira musical em Natal, onde cantou e compôs para a banda “Os Quatro”, (1991-2001). Após sua atuação na cena roqueira da capital, investiu no intimismo de uma linguagem mais contida e serena em seus três CDs: Bossta Nova (2006), Alma de Poeta (2009) e Várzea da Caatinga (2017).

06 JUN 2019





DIÁLOGOS&DILEMAS: MÚSICOS AUTORAIS x PRODUTORES CULTURAIS


O Núcleo de Produção CulturalCooperada promove através da FEL Produções de Arte e em parceria com o NUARTE – IFRN Cidade Alta um encontro entre músicos e produtores potiguares, onde estará em pauta a relação entre essas duas categorias que trabalham numa completa interação, sem um prescindir do esforço do outro. O evento, denominado “Dilemas&Diálogos: Músicos Autorais x Produtores Culturais”, acontecerá no pátio interno do IFRN Cidade Alta, às 16h30 do dia 5 de junho.

Qual a realidade da cena musical em Natal e em outras cidades potiguares?
Como está se dando atualmente a relação entre músicos e produtores no estado? Quais passos foram dados nos últimos anos em relação a uma profissionalização do setor? Quais os horizontes para uma maior interação entre os novos formandos e a prática profissional?

Para a ocasião, estão sendo convidados produtores culturais já com vasta experiência em seus currículos, além de músicos que trabalham há bastante tempo com produção autoral (ou não), na expectativa de extrair desse encontro uma panorâmica que dê margem a um entendimento mais conciso acerca das necessidades que a conjuntura local exige, e que possa contribuir para fortalecer a aproximação entre os músicos e o público da comunidade.

A atividade também visa ter lugar na busca de soluções que redimensione essa realidade para uma perspectiva diversa, em parceria com outros atores sociais interessados na mesma temática, e que estejam aptos a identificar, avaliar e formatar novos modelos para a gestão dos desafios profissionalizantes que os músicos independentes encontram para lidar com a economia criativa na atualidade, possibilitando uma maior interação entre os integrantes da cadeia produtiva da música potiguar.

O programa proposto se dá em razão do aniversário do primeiro ano da publicação da coluna ‘Roteiro Musical Diário’, que vem publicando em todos os dias, desde 1º de abril do ano passado, uma dica sobre a produção musical do RN, mais especialmente a agenda dos músicos.

A entrada é gratuita e aberta à comunidade escolar e geral, mediante inscrição via formulário disponível em www.npccrn.wixsite.com/npcc.


DILEMAS & DIÁLOGOS
Músicos Autorais X Produtores Culturais
05 jun 2019 / 16h30
Pátio IFRN Cidade Alta
Duração: 80 min


                       
                                                                                              Esso Alencar